12 de junho de 2013

Chuvas tiram as barragens da área metropolitana da situação de risco


As chuvas que caíram na região metropolitana do Recife desde a última sexta-feira permitiram que a barragem de Pirapama, localizada no Cabo de Santo Agostinho, atingisse metade da sua capacidade de acumulação. 


Nos últimos quatro dias, segundo a Compesa, choveu na região 67,5 milímetros, fazendo com que a barragem saísse de 45,69% para 51,09% da sua capacidade de acumulação. 

Ela tem agora 31 milhões de metros cúbicos de água com o que abastece o Cabo, Jaboatão e parte da Zona Sul do Recife. 

Também tomou muita água a barragem de Botafogo, em Igarassu, onde choveu 98,2 mm nos últimos quatro dias. Com isso, o sistema alcançou 38,34% da sua capacidade, ante os 34,53% do balanço de sexta-feira (7).
Já a barragem de Tapacurá, em São Lourenço da Mata, está com 49,06% de sua capacidade de acumulação: 46 milhões de metros cúbicos de água. 

Duas Unas opera com 76,40%, Várzea do Una com 47,41% e Botafogo com 38,34%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário